26 de setembro de 2022
Depois de um intenso dia de atividades na obra de Deus e após retornar à noite de nossa Escola Teológica Betel, onde estávamos lecionando Escatologia, assim que cheguei em minha casa saboreei uma boa comida feita pela minha amada Marlene e em certo momento o Espírito Santo fez-me recordar dos privilégios que havia recebido do Senhor Jesus Cristo em  participar de eventos PIONEIROS;
 
Assim sendo passo a relatar aqui,  10 destes momentos que marcaram a minha vida cristã e ministerial,  para a gloria de Deus:
 
1. Fui o primeiro convertido em minha família, que era composta de nove preciosas almas – meus pais Antonio Romero (saudosa memória) e Hilda Romero e meus sete irmãos – Roberto, Mário, Manoel, Francisco, Sandra e Sueli. Seis meses depois de meu encontro real com Cristo, pela graça e misericórdia de Deus toda a minha família conheceu ao Senhor Jesus Cristo; isso aconteceu no ano de 1975.
 
2. Fui o primeiro tesoureiro e um dos primeiros alunos, em 1976, da Escola Teológica fundada pelo Pastor José Ezequiel, que funcionava em nossa igreja em Taubaté, e tínhamos como professores o Pastor Kolenda, missionária Dóris, Pastor Samuel Câmara, missionários americanos Júlio e Berta Olson, Pastor João Jaime e Pastor Esdras Magalhães.
 
3. Fui o primeiro em tocar bateria em uma igreja Assembleia de Deus em todo o Vale do Paraíba e talvez do Estado de São Paulo, pois naquele período do ano de 1975 era profanação tocar bateria em uma igreja evangélica. Fui convidado pelos componentes da banda para ensinar um jovem da igreja a tocar, mas Deus resgatou-me do pecado e do mundo profissional musical e assim passei a tocar bateria na banda da igreja em Taubaté denominada “Lírios dos Vales” e isto o fiz durante cinco anos.
 
4. Fui o primeiro missionário transcultural levantado por Deus durante toda a história do ministério de Taubaté – SP, apesar de que havia ali muitos experimentados e abençoados pastores e obreiros com muito mais experiência que eu, pois nunca havia liderado nenhum departamento na igreja, nem jamais lecionado na escola dominical e não tinha nenhum cargo além de tocar bateria no “Lirio dos Vales”, na verdade eu não tinha nenhuma experiência ministerial.
 
5. Fui o primeiro missionário brasileiro a fixar moradia na cidade de Comodoro Rivadavia, Província de Chubut, no Sul da Argentina, em uma região denominada “Patagonia” (pés grandes), lugar onde o inverno chegava a 15 graus baixo de zero ( muita neve), e onde os ventos corriam a uma velocidade de 150 quilômetros por hora, ali ficamos durante cinco anos.
 
6. Fui o primeiro a implantar um programa radiofônico evangélico na cidade de Comodoro Rivadavia, Província de Chubut – Patagônia; programa esse que alcançaria uma boa parte do Estado e que durante anos, dezenas e centenas de almas ouviriam pela primeira vez a mensagem do Evangelho.
 
7. Fui o primeiro missionários enviado do ministério de  Taubaté para o campo transcultural, num período que a igreja não possuía secretaria de missões e praticamente nada sabiam de missões e também não tínhamos nenhuma experiência na área missiológica.
 
8. Fui o primeiro e o último missionário da história do ministério de Taubaté, que foi para às Missões sem apoio, visitas e sem sustento econômico, mas Deus cuidou, sustentou e visitou-nos não deixando faltar nada para minha esposa e meus três pequenos filhos.
 
9. Fui o primeiro a realizar uma cruzada evangelística na cidade de Las Heras – Província de Santa Cruz – Patagônia; e depois de três dias já tínhamos aproximadamente quarenta e cinco almas convertidas que foram os primeiros membros da primeira igreja pentecostal Assembleia de Deus implantada naquela cidade, em 1984.
 
10. Fui o primeiro a fundar no Brasil uma Base Missionária das Assembleias Deus na cidade São Lourenço, no Sul de Minas, centro de treinamento transcultural interdenominacional intensivo. Estamos completando pela graça de Deus dez anos de  serviços ao Reino, treinando dezenas de obreiros para o trabalho transcultural, homens e mulheres enviados de diversos ministérios de nosso Brasil e do exterior.                 

Concluindo, agradeço a Deus, pela minha esposa, a missionária Marlene e pelos meus queridos filhos David, Alessandra e Tania que em toda minha trajetória ministerial me honraram,  e sempre foram meus grandes cooperadores no trabalho pioneiro realizado, tanto na América do Sul, como na Ásia e Europa.
 
Na verdade não somos nada e não podemos nada sem a graça e a capacitação do Senhor Jesus Cristo. Tudo que conquistei e onde cheguei, reconheço sinceramente que veio da boa mão  de Deus, sem Ele nada disto aconteceria, pois Jesus disse: “porque sem Mim nada podereis fazer” (Jo 15.5b).  
 
Sinto-me honrado e privilegiado pelo Senhor por ter aproveitado todas as oportunidades surgidas e pelos projetos de Deus na minha vida e família pois pretendo continuar assim até Jesus voltar.
 
Família Romero

 

 
A Deus seja honra, gloria e exaltação. Gracias Jesus
 
Pastor Antonio Romero Filho

Sobre o Autor

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: